Tô voltando pro Twitter, a

Olá. Saí da imensidão jupiteriana do espaço sideral para mandar um beijo pras pessoas que criam blog e esquecem de atualizar porque preferem perder seu tempo no Twitter. Mas awn, o Twitter é lindo, eu andei ganhando uns dez followers essa semana. Enfim, zum, estou voltando pra Júpiter, um beijo.

Não estou, é brimks. Minha nave quebrou.

Brimks novamente. Alguém já reparou como eu gosto de falar de Júpiter, naves espaciais e alienígenas? Sério, eu estava relendo meus posts pra ver se eu reaprendia como escrever razoavelmente, e em todos eles há pelo menos uma alusão aos temas citados acima. Isso provavelmente tem a ver com minhas raízes extraterrestres. Ou com o chip PEDRO CADÊ MEU CHIP que os amigos ET’s implantaram na minha cabeça quando eu fui abduzida para ensinar os aliens amigos a dançar Lady Gaga.

Avá. Como se isso fosse possível. Eu não sei nem dançar macarena, imagina tentar imitar a coreografia de Alejandro. Se bem que Alejandro nem tem coregrafia, é só uma putaria e um satanismo aloooucas e a Gaga engolindo um terço com aquela cruz invertida estampada na kikita e Então está completamente fora de cogitação.

Isso de coreografias e da Gaga me fez lembrar do Rumpus, qmcurt? Ele é tão bonito e grande e branco com preto e MAS QUE PORRA, EU TENHO MUITO MEDO DAQUELE CACHORRO DO DEMÔNIO, SAICU, CHUTA QUE É MACUMBA.

Nossa, mas eu tô escrevendo muito mal mesmo. Sério mesmo. Eu poderia culpar o Twitter, mas eu não poderia culpar aquele site esplendoroso QUE SÓ FICA BALEIANDO O TEMPO INTEIRO, então eu vou simplesmente jogar a culpa nos vloggers.

Exatamente, os VLOGGERS.

Não que eu tenha alguma coisa contra o Felipe Neto. Nem contra o PC Siqueira. Nem contra o Anônimo da TP, apesar de eu achar ele um trouxa. Nem contra aquele japa que tava no debate MTV e que agora eu não lembro o nome. Foi mal, amigo, mas eu tenho péssima memória com nomes de pessoas de olhos muito inclinados no côncavo. E não é preconceito étnico, ok? É só que meu cérebro demora mais do que o normal para assimilar olhos muito inclinados no côncavo.

Muito pelo contrário. Eu curto bastante o Felipe Neto e o PC. Tu não, Anônimo, saicu. E japa, eu nem sei teu nome. Mas, de qualquer forma, eu acho os vídeos deles bem legais e sempre tava com uma janelinha do Youtube aberto nas minhas madrugadas de férias que nesse momento parecem tão longínquas.

Sério mesmo, essa escola tá uma bustrica.

Enfim. Eu realmente curto os vídeos e tal e dou muita risada de voz escrota do PC falando com a Lola e das expressões amáveis do Felipe (ver: sô gatxenho). Pode me chamar de sem cultura, porque eu sou mesmo, ando numa burrice digna de ameba, acho que vou voltar pro jardim de infância e só desenhar, porque é a única coisa digna que eu tenho feito ultimamente. Sem contar que eu iria humilhar as criancinhas e isso iria inchar meu ego. Voltando, podem dizer que eles não passam de uns desocupados que esquecem que o cabeleireiro pode ser um bom amigo e que só sabem reclamar, sendo por isso denominados ESCROTOS, mas ainda assim eu dou bastante risada, ok?

Viram? Viram? Eu disse que eu ando burra. Garanto que o meu cérebro virou um sorvete e derreteu, e agora ele non ecsiste, o que eu acho bem possível, se eu parar pra pensar toda a quantidade absurda de sorvete que eu ingeri a minha vida inteira, e as altas probabilidades de elas terem ido parar no cérebro e tomado conta dele. Com chip e tudo.

De qualquer forma, eu acho eles pessoas engraçadas, dignas e que merecem ter uma boa reserva no FGTS. Mas eu totalmente fico PUTA DA CARA porque eles simplesmente reclamam de tudo, o que não seria um problema se eles não escolhessem os assuntos mais LEGAIS e me deixassem sem CRIATIVIDADE. E eu não consigo escrever de uma forma razoável se eu não estou reclamando de alguma coisa.

Descobri que reclamação era meu combustível desde que eu notei que 99% dos meus comentários em um dia são só queixas chatas dessas que enchem a orelha das pessoas e fazem elas quererem te dar um hadouken. O outro 1% é destinado a elogios pra sorvetes. Porque, CARA, existe coisa mais linda nesse mundo do que SORVETE?

E, como os vloggers sempre escolhem o assunto mais legal, esse blog ficou destinado às moscas que ficam cagando e andando voando por aí. Bonito, né? Não. Nem um pouco. Porque, PORRA, como eu tô escrevendo mal. E, além do mais, esses vloggers costumam despertar certas reações estranhas nas pessoas, como por exemplo, essa:

VOCÊ É UM OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOGRO, FELIPE NETO. Ai que dor no joelho de tanta vergonha alheia.

Esse tipo de reação é bem irritante, porque eu não entendo o motivo pelo qual as pessoas se importam com a opinião de um cara que nem sabe que elas existem e que só está ganhando mais fama e rindo  com essas imbecilidades, enquanto elas ainda estão trancadas no quarto, ouvindo Hóri enquanto colam pôsteres do Justin Bieber pelas paredes e berram o nome do Pelanza pra ele saber que elas são parte da família putafaltadesacanagem Restart. Além do mais, se elas chamam os vloggers de chatos, eu aposto 10 reais como elas são mais chatas ainda.

Enfim. Vou terminar um post com uma imagem de gatinho, porque eu sei que todo mundo adora gatinhos.

Beijo Igor, valeu pelo gatinho.

Beijo, volto quando recobrar uma parte da minha inteligência. Talvez os duendes tenham roubado enquanto eu dormia.

E, ah, a caixa de comentários não morde, rawr.

Anúncios

Uma resposta to “Tô voltando pro Twitter, a”

  1. Lu Says:

    Jurava que tu não curtia esses tal de vloggers, Me. Mas é, me enganei.
    O PC Siqueira é fofo (?) mas aquele olho me assunta D:
    Eu quero esse gatinho pra mim, awn *-*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: